domingo, 3 de junho de 2012

Mar


Pensava-se mundo
Girou, girou e tornou a girar...
Acordou no meio de tudo,
Se descobrindo mar.

domingo, 15 de abril de 2012

Rimas



Dançar já é, em si, uma bela poesia.
Corpos que se cruzam em perfeita harmonia,
Cheios de abraços, de rimas e versos,
Contorcendo-se em pleno universo.
Mistura de letras, de palavras...  e de entonação.
Poesia é valsa, é bolero, é um samba-canção,
E porque não?
Poesia é assim...  É dançar e rimar.
É paixão, emoldurada de emoção.
É um breve lampejo do coração...

sábado, 31 de março de 2012

PESSOA(LMENTE)


"QUANDO olho para mim não me percebo.
Tenho tanto a mania de sentir
Que me extravio às vezes ao sair
Das próprias sensações que eu recebo."
Fernando Pessoa

 "Pessoalmente" tendo a concordar com este Fernando, que tão sabiamente me faz questionar o quanto de mim perde-se em sentimentos e deságua em pensamentos de amor. O quanto ele me faz ser quem sou, um ser dependente, incoerente e apaixonada, simplesmente atordoada por este de tal amor.
Mas viver de amor vale a pena?! __Já cantava um certo poema, já nascia em mim uma dor. Viver de amor vale a pena, o papel e o tinteiro, vale abandonar o mundo inteiro e se entregar a esse ardor.
Viver de amor é pungente. Um milagre que se cria, é viver sem garantia de se ter seu bem querer.
Neste jogo disfarçado, o amor faz seu estrago, faz contente e faz sofrer. Só não deixa a vida quieta, que quietude é bem sem graça, faz de conta que ele passa, pra depois se arrepender. 

segunda-feira, 26 de março de 2012

Como poeta

É na solidão que te inspira
e que demonstra a tua beleza.
A voz de um poeta é a tristeza,
Que canta em versos sua sina.
E Esperando que eles tomem vida. 
E tomem de ti a tinta, 
desbota em tuas lagrimas a sutileza, 
da dor que outrora te mantinha.


quarta-feira, 14 de março de 2012

Poeta


Poeta fere a pele
Rasga o verbo
Toca o coração.
Transita entre palavras,
Como se tudo fosse sentimento,
Metade amor, metade sofrimento.
Poeta é espécie em extinção
Às vezes some, se esconde,
Perde a razão.
Vive cada momento
Com tamanha intensidade
Que pensa ser gente
E se descobre insanidade.

segunda-feira, 5 de março de 2012

Pra lembrar o que não pude esquecer

Carreguei tantas vidas até aqui
pensamentos e palavras
sentimentos que nem sei mais
se senti.
Trouxe lembranças, rumores de gente,
de amores, senhores de mim.
Trouxe esperança 
vontade de ser, vontade de ouvir,
outra vez partir.
Mas teu ser me impede.
Seguir sem você,
destino nem pode
me deixar longe 
de ti.